domingo, 16 de outubro de 2016

GREGORY PECK... Filmografia Completa

Informações

Nome Batismo: Eldred Gregory Peck
Nascimento: 05 Abr 1916
Local Nascimento: La Jolla, California, EUA
Falecimento: 12 Jun 2003
Local Falecimento: Los Angeles, California, EUA
Causa Falecimento: Parada cardiorespiratória e broncopneumonia
Altura: 1.91 m

Minibiografia

Filho de um farmacêutico, que se divorciou quando ele tinha apenas cinco anos, Gregory Peck foi basicamente criado por sua avó.  Adolescente, iniciou seus estudos de medicina na Universidade de Berkeley, quando se interessou em participar das atividades do teatro universitário.  Pouco tempo depois, decidiu redirecionar seus estudos para a arte de representar.  Assim, após ser graduado pela "The Neighborhood Playhouse School of the Theatre", em Nova York, estreou na Broadway, em 1942, na peça "The Morning Star" de Emlyn Williams.  No ano seguinte, foi para Hollywood, conseguindo ser contratado pelos Estúdios da RKO Radio Pictures e estrear no cinema em 1944 no filme "Quando a Neve Tornar a Cair".

O estrelato, ele o alcançou no mesmo ano por sua excepcional atuação no filme "As Chaves do Reino", quando foi indicado ao Oscar de Melhor Ator, perdendo a estatueta para Ray Milland, por seu trabalho em "Farrapo Humano".  Sua carreira em Hollywood se estendeu por mais de cinco décadas, ao longo das quais foi agraciado com o Oscar por sua atuação em "O Sol é para Todos" e com quatro outras indicações.  Consagrado profissionalmente, Peck passou a atuar apenas em filmes que lhe interessavam.

Em 1967, recebeu da Academia Cinematográfica de Hollywood o Prêmio Humanitário Jean Hersholt.  Em 1969, recebeu do Presidente Lyndon Johnson a Medalha Presidencial da Liberdade, a mais alta condecoração americana reservada a civis.  Politicamente liberal, Gregory Peck sempre batalhou pelas causas ligadas a movimentos humanitários, políticos e do interesse da indústria cinematográfica.

Em outubro de 1942, casou-se com Greta Kukkonen, de quem se divorciou treze anos depois.  Voltou a se casar em 31/12/1955 com a jornalista francesa, Véronique Passani, com quem viveu até sua morte.  Do primeiro casamento, teve três filhos, Jonathan, Stephen e Carey Paul, enquanto que, do segundo, teve um casal, Tony e Cecilia.  Jonathan, repórter de TV, suicidou-se aos 30 anos.  Tony e Cecilia seguiram a carreira do pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário